We Are Church International

O Movimento Internacional We are Church apóia o empenho do Papa Francisco em reformas substantivas na Igreja Católica Romana

 

Publicado, na terça-feira, 5 de novembro de 2013

 

PARA COMUNICADO IMEDIATO

 

O Movimento Internacional Somos Igreja põe-se de acordo, em Dublin, sobre uma agenda clara para os próximos anos

 

O Movimento Internacional Somos Igreja (IWAC) apóia o esforço do Papa Francisco por reformas substantivas na Igreja Católica Romana e pede aos bispos que apóiem claramente esse novo caminho por mais transparência, descentralização e diálogo com os fiéis. Quase oito meses após a eleição do Cardeal Jorge Mario Bergoglio, da Argentina, como Bispo de Roma, ele está pondo em marcha um novo caminho em Roma, a exemplo do questionário para o Sínodo sobre a Família, a realizar-se em Roma, em 2014, que foi publicado semana passada.

 

Representantes de 11 países da Europa (Áustria, Dinamarca, França, Alemanha,  Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Portugal, Espanha, Reino Unido) e dos Estados Unidos estiveram reunidos no  All Hallows College, em  Dublin, Irlanda, de 1 a 3 de Novembro de 2013, para discutirem sua contrbuição ao atual processo de reforma da Igreja Católica Romana.

 

O IMWAC manifesta seu apreço por esse nova forma de consulta e pede aos Bispos que se empenhem em fazer com que os fiéis e as paróquias locais respondam diretamente a esse questionário.  As conferências episcopais de todo o mundo fariam bem em em seguir o exexmplo da Conferência dos Bispos da Inglaterra e de País de Gales, que já pôs o questionário na internet, convidando os fiéis a enviarem as respostas para:

http://www.catholic-ew.org.uk/Home/Featured/Synod-of-Bishops-on-the-Family-2014

 

Algumas questões e formulações podem ser alvo de críticas. Portanto, o IMWAC vai ler cuidadosamente o questionário e preparar um Sínodo („Shadow Synod“), durante o Sínodo Extraordinário sobre a Família, a realizar-se em Roma, em outubro de 2014. „Este não deve ser um Sínodo no qual apenas bispos machos vivendo no celibato discutam a situação presente da vida familiar“, diz Martha Heizer de We are Church- Áustria, Coordenadora do IMWAC. “Pedimos que incluam no Sínodo especialistas e fiéis desde o início, podendo assim trazer suas experiências, de distintas formas da vida cristã, nos tempos de hoje.“ O IMWAC apóia a idéia de mulheres cardeais como um primeiro passo para a abertura a todos os ministérios também para as mulheres.

 

O IMWAC está consciente da forte resistência, especialmente no Vaticano, contra a implementação de reformas substanciais. Muitos bispos ainda relutam para seguir o novo caminho. Ainda não chegou a profunda crise de liderança na Igreja. Portanto, o IMWAC se decidiu por uma agenda clara para os próximos anos. Além do Sínodo („Shadow Synod“), o IMWAC junto com outros movimentos pela reforma está preparando uma estratégia para marcar, em 2015, a celebração do encerramento do Concílio Vaticano II.

 

Didier Vanhoutte, da França, fez um relato impressionante sobre sua  visita à Ásia, onde contatou muitos grupos que têm semelhante urgência por reforma da doutrina e da abordagem pastoral da Igreja Católica Romana.  Os movimentos do MWAC na América Latina, ainda que não presentes a este Encontro, são parte integrante deste movimento de reforma, especialmente com sua ênfase na justiça social.

 

Outras informações:

Brendan Butler, +353-86 4054984, This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Christian Weisner, +49-172 5184082, This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Contatos com a mídia nos países-membros: www.imwac.net/413/index.php/contact/contacts

 

Fonte: http://www.imwac.net/413/index.php/news/we-are-church-news-and-comment/174-we-are-church-supports-pope-francis-course-for-substantial-reforms-in-the-rc-church

 

(Trad. Alder Júlio F. Calado)